Fala Ferreira

Assim me saúdam os amigos de Guatemala.

Ajuste estrutural na Europa

Bom e recomenda-se: o livro de Michel Chussudosky sobre o ajuste estrutural na África, América Latina, Europa de Leste e Ásia. O processo é em tudo similar. Acrescentando-lhe algumas ideias lidas em outros lados, é sempre o mesmo

  1. O governo de um país aproveita uma fase favorável da economia para promover o desenvolvimento do país. Constrói infra-estruturas, monta empresas, etc.
  2. Como a economia é cíclica, chegará sempre um momento em que a taxa de juro cresce. A dívida do Estado – contraída na fase anterior – torna-se incomportável.
  3. Chegam o FMI e outras “ajudas” internacionais com duas recomendações: cortar nos salários e privatizar a economia para estatal. O objectivo é passar o ónus da dívida para os trabalhadores.
  4. Chegam investidores estrangeiros, normalmente alemães ou norte-americanos, para comprar as empresas estatais, cujo valor se encontra depreciado pela crise económica que atravessa o país.

Esta crise só mudou os pólos do mundo. Agora é a Europa que vende e a China que compra.

Anúncios

15 de Junho de 2010 - Posted by | Economia, Ideologia | , , ,

Sorry, the comment form is closed at this time.

%d bloggers like this: