Fala Ferreira

Assim me saúdam os amigos de Guatemala.

A ideologia dos economistas

Escrevi este texto no passado dia 1 depois de ler a notícia que o PCP iria propor impostos sobre os ricos. Esperava tê-lo publicado no dia 9, quando as notícias confirmassem que a proposta seria chumbada pelo PS, PSD e CDS-PP (apesar de ser muito semelhante a uma adoptada pelo governo inglês). Mas a notícia só passou entre amigos no facebook. A comunicação social não lhe fez caso e eu esqueci-me que tinha o texto pronto. Por isso, agora cá vai.

Como dizia Goebbels, ministro da propaganda de Hitler, “uma mentira mil vezes repetida torna-se uma verdade”. A afirmação de que cobrar impostos aos ricos atrasa o crescimento porque eles são os investidores, e é o investimento deles que cria riqueza encontra-se no livro “Economia” de Samuelson e Nordhaus, traduzido em cerca de 20 línguas, e leitura obrigatória de alunos de primeiro ano de economia de qualquer universidade que se preze.

Não vale a pena que os dados afirmem que em todo o século XX os grandes investidores foram os Estados. Lembrar que durante os 30 anos gloriosos gauleses (1940-1970), o período de maior crescimento económico que França conheceu, o Estado francês era detinha 60% da economia. Nem sequer recordar que a desigualdade reduz o consumo e logo a propensão para investir, pelo que sem medidas de redistribuição da riqueza, o crescimento estanca.

Que valem os dados ao lado de Samuelson, esse grande economista?

Anúncios

17 de Junho de 2010 - Posted by | Ideologia | , ,

Sorry, the comment form is closed at this time.

%d bloggers like this: