Fala Ferreira

Assim me saúdam os amigos de Guatemala.

Sócrates não cai!??

Na análise de conjuntura que apresentei há dois dias no blog, mostrei que os empresários portugueses se dividem em dois blocos. Um que defende o FMI, o emagrecimento do Estado (privatização da saúde, da educação, etc.), e o PSD no governo; outro que apoia Sócrates, o investimento estatal como mecanismo de retoma de crise e quer o FMI longe. No primeiro está grupo está Soares dos Santos, patrão da Jerónimo Martins; no segundo Ricardo Salgado, patrão do BES.

Dois dois males, prefiro o de Salgado e Sócrates. Mas preferia outros! De qualquer modo, Ricardo Salgado não apoiar Sócrates por acaso. Acabo de ler no Público que o BES e o BPI (cujo presidente, Fernando Ulrich, secunda as opiniões de Salgado), com outros dois bancos espanhóis, são os financiadores do TGV. Os empresários não defendem mais Estado a não ser quando ganham dinheiro com isso!!!

De todos os modos, se Filomena Martins tem razão e não se é governo sem apoio do BES, Passos Coelho pode ir esperar sentado! Sócrates está para durar.

Por minha parte, não me interessam os políticos mas as políticas. Creio que faz falta investimento público, como forma de gerar emprego e dinamizar a economia. O TGV é a solução? Não faço ideia; porque isso é uma questão técnica! Mas é preciso que investimentos surjam. Independentemente se isso vai favorecer algum banco…

Anúncios

8 de Março de 2011 - Posted by | Economia, Portugal | , , ,

Sorry, the comment form is closed at this time.

%d bloggers like this: