Fala Ferreira

Assim me saúdam os amigos de Guatemala.

Os resultados eleitorais não legitimam a troika

Como disse Jerónimo de Sousa

O resultado destas eleições são essencialmente expressão directa de um apoio eleitoral ditado pelo conjunto de promessas e intenções que PSD, CDS e PS semearam, iludindo sempre que o memorando que subscreveram com o FMI e a UE, constitui de facto o seu único e verdadeiro programa de acção.

Os votos agora obtidos por PSD e CDS, mas também pelo PS, podem ser apresentados como resultado do que falsamente prometeram. Mas não podem seguramente ser invocados para legitimar o programa de ingerência externa que mantiveram escondido e portanto não escrutinado, e para justificar as medidas de agravamento da exploração de quem trabalha, de acentuação das injustiças, de empobrecimento e declínio do país.

Ver fonte.

Anúncios

6 de Junho de 2011 - Posted by | Economia, Partidos | , ,

Sorry, the comment form is closed at this time.

%d bloggers like this: