Fala Ferreira

Assim me saúdam os amigos de Guatemala.

Uma (pequena) boa notícia

Ultimamente, cada reunião da Comissão Europeia é um anuncio de mau agouro. Ora fingem que tomam decisões; ora tomam decisões que só agravam a crise, convictos de que só começaremos a subir quando batermos no fundo (sem provar que não se trata de um poço sem fundo). Desta vez saiu uma boa notícia: espera-se que o BCE reduza a taxa de juros. Para quem tem um empréstimo a habitação é uma ótima notícia, mas poderá ter pelo menos mais dois impactos:

  • O aumento do consumo por parte das famílias, o que será certamente um (pequeno) travão na falência de pequenas empresas e no aumento do desemprego.
  • O aumento da inflação que levará a uma desvalorização, certamente pequena, da dívida.

Parece pouco?! É pouco. Mas é o sinal de que a Europa começa a desconfiar do sucesso dos planos de austeridade.

Escrevi este texto antes de ler um artigo no Público que afirma “que a produção industrial se contraiu pelo terceiro mês consecutivos e que o desemprego na Alemanha subiu inesperadamente em Outubro”. Claramente, baixar a taxa de juros, que interessa aos países do Sul da Europa, só se tornou uma opção quando passou a interessar igualmente à Alemanha. Se reduz a taxa de juro de referência, não como um paliativo para atenuar as consequências da austeridade, mas com um incentivo ao investimento para resolver o problema do desemprego na Alemanha.

Anúncios

2 de Novembro de 2011 - Posted by | Economia, Europa | , ,

Sorry, the comment form is closed at this time.

%d bloggers like this: