Fala Ferreira

Assim me saúdam os amigos de Guatemala.

Inevitabilidades

Na Grécia, onde a esquerda soma e segue nas sondagens, a própria direita reconhece que a austeridade não é solução. Mesmo os partidos que defendem o acordo com a troika, fazem-no apenas para se manter no euro e na esperança que a Europa mude de rumo. Em Portugal a política de austeridade está longe de ser posta em causa. Aqui até os partidos de esquerda não conseguem acreditar que a crise não se deve à corrupção e, por isso, não vão além de uma política do não. Num lado e noutro, disputam-se as soluções, mas não se belisca o “diagnóstico”. Consequentemente, ganham os caminhos e os partidos mais ajustados (até ideologicamente) com aquele diagnóstico.

Anúncios

15 de Fevereiro de 2012 - Posted by | Europa, Ideologia | , , ,

Sorry, the comment form is closed at this time.

%d bloggers like this: