Fala Ferreira

Assim me saúdam os amigos de Guatemala.

A realidade é economicista

Digo e repito: eu não sou economicista; mas a realidade é-o para cacete. Depois dos protestos dos bombeiros e das polícias, chegou agora a vez dos professores universitários. A contestação ao governo de Dilma Russef está a chegar da classe média acomodada (classe média FHC). Isto acontece porque são eles que sentem a inflação. Muito mais que a nova classe média (classe média lulista) cuja ascensão social recente mais do que compensa essa inflação – além de ser uma das suas causas.

O efeito da inflação sobre o salário dos professores observa-se nesta figura (retirada daqui). Note-se que, sem considerar a inflação, o salário aumentou, ainda que pouco, todos os anos.

Isto coloca a esquerda brasileira na contra-mão. Ainda que menos agora com a participação dos professores. A classe média estabelecida é tradicionalmente conservadora.

Anúncios

22 de Maio de 2012 - Posted by | Brasil, Economia | ,

Sorry, the comment form is closed at this time.

%d bloggers like this: