Fala Ferreira

Assim me saúdam os amigos de Guatemala.

Sobre o PT

Muito se tem falado no PT. Mas eu sinto que não se tem posto os pontos nos is. No momento atual do Brasil, os petistas têm razão: só é possível gerir o capitalismo. A pergunta então é: não será a direita mais competente para fazê-lo? O PT crê que não, e segue embalado pelo seu sonho rooseveltiano. Aí têm razão: a longo prazo, o melhor método de salvar o capitalismo dele mesmo é combater a desigualdade. “Pobreza não é mercado”, disse lúcidamente Carlos Slim.

Não obstante, combater a desigualdade a longo prazo tem custos e que só podem ser pagos pelo crescimento económico de curto prazo. Este crescimento têm, por assim dizer, dois motores: (1) o saldo da balança comercial e (2) o défice primário do governo. No Brasil, o crescimento económico de curto prazo só tem um motor. Quem questionar a política errada de superávites primário é tratado como extra-terreste.

O preço a pagar por isto é grande. Com a crise na Europa, o setor industrial brasileiro estagnou. O motor do crescimento fraco crescimento económico foram as exportações de comodities (alimentos) para a Ásia. Neste contexto, o PT de Dilma teve de ceder ao agronegócio e oferecer um ministério a Kátia Abreu. Consequentemente, esta aliança arrastou o PT para a direita de forma impensável há alguns anos atrás. O governo de Dilma, para ter dinheiro para prosseguir o sonho rooseveltiano, é obrigado a aliar-se a um parceiro – o agronegócio – que se opõe a esse sonho.

Depois de ler todos os desejos da Articulação de Esquerda para 2013, vejo que falham no essencial. Todas as medidas são positivas, mas ignoram as condições objetivas que têm levado o PT da social-democracia lulista para a direita liberal. Das duas uma: ou a esquerda do PT põe em causa o mito do superavite primário e cria condições objetivas para romper a aliança com o agronegócio; ou os desejos de um novo ano irão esbarrar sempre nos interesses dos novos aliados.

Anúncios

30 de Dezembro de 2012 - Posted by | Brasil, Economia | , , ,

Sorry, the comment form is closed at this time.

%d bloggers like this: