Fala Ferreira

Assim me saúdam os amigos de Guatemala.

A culpa da Alemanha na crise

Já faz alguns meses que quero escrever um post com este título. Não para denunciar o papel que a Alemanha jogou em definir o política da União Europeia em função da economia e em detrimento das demais. Mas para mostrar o papel que ainda jogar fazendo isso. Ou seja, para mostrar que a solução proposta pela Alemanha para a crise, longe de ser parte da solução, é parte do problema. Martin Wolf, mais competente que eu, antecipou-se.

1. Em política macroeconómica trabalha-se com cinco variáveis: défice do Estado (ou superavit); taxa de juro do banco central; taxa de cambio; desemprego e inflação. Elas dependem em parte da economia e em parte da ação do governo. Normalmente, o governo busca intervir nas três primeiras usando como “faról” últimas. Ora, na Zona Euro isto é, como diz a minha mãe, uma salganhada (só conheço uma palavra equivalente em inglês: mess). A taxa de juro, a taxa de cambio e a taxa de inflação são definidos e/o pensados a nível europeu; o défice e o desemprego a nível nacional. O resultado é uma política económica totalmente desarticulada. Só há duas soluções: ou nacionalizar completamente a macroeconomia saindo do euro; ou europeizá-la como quer o FMI.

(Aliás, vale a pena ler a proposta do FMI com estes olhos. Se, por um lado, defende a europeização do Orçamento, por outro, defende igualmente um subsídio de desemprego europeu. Ou seja, ele propõe a europeização dos dois elementos de política macroeconómica que permanecem nacionais).

2. Mas não é só a ausência de uma política macroeconómica de facto que agrava a crise europeia. Nesse contexto, as variáveis macroeconómicas já “europeizadas” estão ao serviço da economia alemã. Sobretudo a taxa de câmbio, em que o euro permanece 30% acima do dólar, bem como a velocidade a que se está reduzindo os défices da zona euro são incompatíveis com as elevadas taxas de desemprego dos países do sul. É nesses aspetos que Martin Wolf se foca.

Anúncios

27 de Setembro de 2013 - Posted by | Sem categoria

Sorry, the comment form is closed at this time.

%d bloggers like this: